Celulite infecciosa: sintomas, causas e tratamentos

Doutor Já Redação

O que é celulite infecciosa?

A celulite infecciosa é uma infecção bacteriana comum na pele. No primeiro momento, a celulite pode aparecer como uma área inchada e vermelha que parece estar mais quente e sensível ao toque. A vermelhidão e o inchaço, frequentemente, espalham-se de maneira rápida. Geralmente, a celulite é dolorosa.

Direitos reservados a Health Line

Na maior parte dos casos, a pele da parte inferior das pernas é afetada, embora a infecção ocorra em qualquer parte do corpo ou rosto. A celulite infecciosa, afeta a superfície da pele, mas também pode afetar os tecidos subjacentes, isto é, localizado por baixo. Além disso, é capaz de se espalhar para os nódulos linfáticos e para a corrente sanguínea.

Se a celulite infecciosa não for tratada, a infecção pode apresentar risco de vida. Você deve procurar ajuda médica imediatamente se sentir os sintomas.

Não tem plano de saúde? Conheça agora o Cartão Doutor Já

Sintomas da celulite infecciosa

  1. Dor e sensibilidade na área afetada
  2. Vermelhidão ou inflamação da sua pele
  3. Uma ferida na pele ou erupção cutânea que aparece e cresce rapidamente
  4. Uma aparência firme, brilhante e inchada da pele
  5. Uma sensação de calor na área afetada
  6. Uma área central que tem um abscesso com formação de pus
  7. Febre

Sintomas de uma celulite infecciosa mais grave:

  1. Tremores
  2. Arrepios
  3. Uma sensação de estar doente
  4. Fadiga
  5. Vertigem
  6. Tontura
  7. Dores musculares
  8. Pele morna
  9. Suor

Os sintomas que podem indicar que a celulite está espalhando-se, são:

  1. Sonolência
  2. Letargia
  3. Empolamento
  4. Listras vermelhas

Você deve entrar em contato com o seu médico imediatamente se sentir qualquer um desses sintomas.

Causas da celulite infecciosa e fatores de risco

A celulite infecciosa ocorre quando certos tipos de bactéria entram através de um corte ou rachadura na pele. A celulite é causada por bactérias Staphylococcus e Streptococcus.

As lesões na pele, tais como cortes, picadas de insetos, ou incisões cirúrgicas, são os locais comuns da infecção. Certos fatores também aumentam o risco de desenvolver celulite.

Fatores de risco comum incluem:

  1. Um sistema imunológico enfraquecido
  2. Condições na pele que causam rupturas na pele, tais como eczema ou pé-de-atleta
  3. Uso de remédios através de terapia intravenosa (IV)
  4. Diabetes
  5. Um histórico de celulite

Diagnosticando a celulite infecciosa

O seu médico provavelmente, será capaz de diagnosticar a celulite infecciosa à primeira vista, mas ele irá fazer um exame físico para determinar a dimensão da sua condição. O exame pode revelar:

  • Inchaço da pele
  • Vermelhidão e aquecimento da área afetada
  • Glândulas inchadas

Dependendo da condição, o médico talvez queira monitorar a área afetada por alguns dias para ver se a vermelhidão ou inchaço espalham-se.  Em alguns casos, o médico poderá realizar uma coleta de sangue ou uma cultura da ferida para testar a presença de bactérias.

Tratando a celulite infecciosa

O médico provavelmente receitará uma série de antibióticos orais de 10 a 21 dias para tratar a infecção. A duração do tratamento com os antibióticos orais irá depender da gravidade da condição.

Mesmo se os sintomas melhorarem, dentro de alguns dias, é importante seguir a medicação prescrita para garantir um tratamento adequado.

Enquanto você estiver tomando os antibióticos, monitore a sua condição para ver se os sintomas melhoram. Na maior parte dos casos, os sinais melhoram ou desaparecem dentro de alguns dias.

O seu médico também poderá prescrever analgésicos.

Você deve descansar até os sintomas melhorarem. Enquanto descansa, coloque o membro afetado numa altura superior a do seu coração para reduzir qualquer inchaço.

Quando entrar em contato com o médico novamente?

Entre em contato com o seu médico imediatamente se você não responder ao tratamento dentro de 3 dias após começar o ciclo de antibióticos, se piorar ou se você desenvolver uma febre.

A celulite infecciosa deve ir embora dentro de 7 a 10 dias após o começo dos antibióticos. Um tratamento mais longo pode ser necessário se a sua infecção for grave. Isso pode ocorrer se você sofre de uma doença crônica ou se o seu sistema imunológico não estiver funcionando adequadamente.

Algumas pessoas, com condições médicas preexistentes e fatores de risco, podem precisar permanecer no hospital para observação durante o tratamento. É preciso ser hospitalizado se precisar de antibióticos através de terapia intravenosa (IV), quando os antibióticos orais não tiverem funcionado ou se você tiver alguns sintomas, como:

  • Uma temperatura alta
  • Pressão alta
  • Uma infecção que não melhora com antibióticos
  • Um sistema imunológico comprometido devido a outras doenças

Possíveis complicações da celulite infecciosa

Algumas vezes, a celulite infecciosa pode espalhar através do corpo, entrando nos nódulos linfáticos e no sistema sanguíneo. Em casos raros, ela pode entrar em camadas mais profundas do tecido. As possíveis complicações que podem ocorrer são:

  • Uma infecção no sangue
  • Uma infecção óssea
  • Uma inflamação dos vasos linfáticos
  • Morte do tecido, ou gangrena

Como evitar a celulite infecciosa

Se você tem um corte ou rachadura na pele, limpe imediatamente e aplique uma pomada antibiótica regularmente. Cubra a ferida com uma bandagem e troque-a diariamente, até formar uma crosta. Preste atenção nas suas feridas, alguns sintomas podem indicar infecção, cheque se há:

  • vermelhidão
  • drenagem
  • dor

As pessoas que tiverem uma má circulação ou condições já existentes colocando-as em risco de celulite infecciosa devem tomar precauções extras, incluindo:

  • Manter a pele úmida para evitar rachaduras
  • Tratar imediatamente as infecções superficiais da pele, como o pé de atleta
  • Usar equipamento de proteção ao trabalhar ou jogar
  • Inspecionando os pés diariamente em busca de sinais de lesão ou infecção

Fonte: Health Line

Não tem plano de saúde? Conheça agora o Cartão Doutor Já

F