Dieta pode aliviar sintomas da doença inflamatória intestinal?

Doutor Já Redação

O que é a doença inflamatória intestinal?

A doença inflamatória intestinal pode ser de dois tipos:

Doença de Crohn:

Doença intestinal inflamatória e crônica que afeta o revestimento do trato digestivo.

Colite ulcerativa:

Doença intestinal inflamatória e crônica que provoca inflamação no trato digestivo.

Descobriu-se, através de estudos, que um plano alimentar baseado em uma dieta baixa em calorias reduziu a inflamação intestinal. Alguns pesquisadores dizem que os resultados podem ser significativos no tratamento.

A dieta que imita o jejum, também pode ser eficaz contra a esclerose múltipla (EM). Não apenas mantém sob controle doenças generalizadas, mas também pode ajudar a aliviar os sintomas da doença de Crohn e a colite ulcerativa.

O jejum de apenas água pode ser eficaz, em grande parte, na regeneração intestinal. A dieta que imita o jejum, por outro lado, colabora na reversão da doença e regenera a inflamação. Entretanto, é necessário atenção sobre esse tipo de tratamento.

Não tem Plano de Saúde? Conheça agora o Cartão Doutor Já!

5 sintomas da Doença inflamatória intestinal

Sintomas comuns da Doença inflamatória intestinal, podem ser:

  1. Dor abdominal
  2. Sangramento retal
  3. Perda de peso
  4. Fadiga
  5. Diarreia persistente

No corpo de uma pessoa saudável, o sistema imunológico ataca invasores externos, como vírus, para proteger o corpo. Na Doença inflamatória intestinal (DII), o sistema imunológico responde incorretamente as bactérias intestinais e faz com que o trato gastrointestinal fique inflamado.

Acredita-se que a condição é causada por um sistema imunológico defeituoso. Diversos tipos de medicações estão disponíveis para tratar a DII. Em casos graves, a cirurgia pode ser uma opção.

A dieta pode ser um método de tratamento?

Atualmente, nenhuma dieta tratou consistentemente a inflamação causada pela DII ou eliminou  a doença.

Algumas dietas,como a dieta fermentável, isto é, dieta Fodmap (retira-se os alimentos que são mal absorvidos no intestino e que causam gases e má digestão, como maçã, trigo e feijão), podem ajudar com os sintomas. Mas, deve ser combinada com outros tratamentos para o resultado efetivo e prevenção de complicações.

Os riscos da dieta

Apesar da dieta que imita o jejum ajudar a aliviar os sintomas da doença de Crohn e a colite ulcerativa, a atenção a esse tipo de método é indispensável, sendo necessário uma orientação médica.

Pessoas com doença inflamatória intestinal estão em um risco aumentado de subnutrição e qualquer restrição na dieta pode afetar isso. É preciso haver uma boa demonstração de eficácia e segurança de qualquer dieta restritiva.

Fonte:Health Line

Não tem Plano de Saúde? Conheça agora o Cartão Doutor Já!

 

F