Veja 5 porquês o álcool te dá espinhas

Doutor Já Redação

Álcool e espinha: tem relação?

Acne é causada por bactérias, inflamações e poros entupidos. Alguns dos seus hábitos podem fazer com que você tenha acne. Isso pode ser ainda pior se você tiver uma pele com tendência a acne. É por isso que as pessoas acreditam que álcool dá espinha.

Algumas pessoas acreditam que beber álcool dá espinha, mas na verdade, diretamente, não. Indiretamente, porém, ele pode  causar o desenvolvimento de acne.

Leia mais para saber como essa bebida afeta o seu corpo e como o álcool dá espinhas de forma indireta.

 

Como o álcool dá espinhas indiretamente

1- Por meio do seu sistema imunológico

O seu sistema imunológico é uma força poderosa que mantém bactérias e vírus longe. O álcool pode diminuir o número de células protetoras do seu corpo, e até destruí-las. Isso pode fazer com que você tenha mais chance de ter infecções.

Vale a pena considerar a relação entre o seu sistema imunológico, bactérias e álcool.

2- Seus hormônios

O álcool tem muitos efeitos nos seus hormônios. Mais hormônios podem aumentar a produção de óleo ou sebo. Isso pode entupir seus poros e te causar espinhas.

Mais pesquisas são necessárias para realmente compreender a relação entre álcool e acnes hormonais.

3- Por meio de inflamação

Pápulas, pústulas, nódulos e cistos são formas de acne inflamatória.

Há muitas razões para a inflamação, incluindo:

  • Aumento de hormônio
  • Doenças auto-imunes, como a psoríase
  • Alimentos e bebidas com muito açúcar

O açúcar causa espinhas

O seu corpo entende o álcool como um açúcar e isso pode causar inflamação. Se você tomar bebidas com sucos açucarados e xaropes, você aumenta muito o seu risco de inflamação.

Participantes de um estudo tiveram menos espinha depois de fazerem uma dieta com baixo índice glicêmico (IG) – ou seja, pouco açúcar-. Embora beber menos álcool seja importante para um dieta com pouco açúcar, você provavelmente vai ter que cortar outros alimentos para ter esses benefícios.

 

4- Você fica desidratado

Você já sabe que a água é a melhor bebida para você. Isso também inclui a sua pele. Quando a sua pele está hidratada, ela é consegue se livrar de toxinas e células mortas com muito mais com facilidade.

O álcool é um diurético. Isso significa que ele aumenta sua quantidade de xix e com isso, manda embora o excesso de água e sal. A menos que você esteja alternando entre água e álcool, esse processo vai deixar você E a sua pele desidratados.

Com a pele seca, seu corpo produz mais sebo para compensar a falta de água. O excesso de sebo, então, pode aumentar sua chance de ter espinhas.

 

5- O álcool ataca seu fígado

O seu fígado é responsável por tirar toxinas ruins – como o álcool- do seu corpo.

Embora beber um copo aqui ou lá não faça tanta diferença para esse órgão, beber muito álcool pode sobrecarregar seu fígado.

Se o seu fígado não conseguir expulsar todas as toxinas, elas podem acabar sendo armazenadas em outras partes do seu corpo. Elas também podem ser liberadas através de outros canais, como a sua pele. Isso pode resultar em espinhas.

 

Vinho dá espinha?

A acne é uma doença complexa da pele. Os tipos de álcool que podem te dar espinha são muitos.

Uma pesquisa descobriu que certos tipos de álcool dão mais espinhas do que outros. Cerca de 76% dos entrevistados relataram que o vinho tinto piorou os sintomas.

O álcool por si só não é suficiente para causar qualquer condição inflamatória da pele, incluindo acne e rosácea. No entanto, é importante saber que – como acontece com a rosácea – alguns tipos de álcool podem desencadear sua acne mais do que outros.

 

Como cada tipo de álcool afeta a sua pele

Qualquer tipo de álcool que você beber pode afetar a sua pele. Alguns desses efeitos podem influenciar o desenvolvimento de acne. Outros podem afetar negativamente a saúde geral da pele.

 

Licores claros (gim, vodka…)

Os licores claros, como o gin e a vodka, são geralmente misturados com outras bebidas. Os licores claros são geralmente baixos em calorias e em congêneres – quanto menos congêneres, menos ressaca-.

Entretanto, a chave é a moderação. Beber grandes quantidades de licor claro ainda pode levar à todas as condições que falamos acima.

 

Licores escuros

Os licores escuros tem muitos congêneres. Isso melhora o sabor do álcool, mas também aumentam o risco de ressaca e desidratação.

Os licores escuros também tem muito açúcar e isso aumenta a inflamação.

 

Cerveja

Assim com o álcool dá espinha, a cerveja também dá. Isso pode contribuir para inflamação e desidratação.

 

Bebidas misturadas (Caipirinha, caipivodka…)

As bebidas misturadas contêm um licor juntamente com xaropes açucarados ou sucos de frutas. Mesmo se você optar por versões de baixo teor de açúcar, as bebidas misturadas ainda podem aumentar o seu nível de açúcar no sangue e desidratar a pele.

 

Vinho branco

O vinho branco pode não causar ressacas tão graves quanto o tinto, mas ainda pode desidratar a pele e aumentar a inflamação geral.

 

Vinho tinto

Não só o vinho tinto causa ressaca e também pode dilatar os vasos sanguíneos e inflamar sua pele.

 

Beba com moderação

Ter espinhas não significa que você vai precisar cortar a bebida de vez. Beber com moderação é o segredo para ter o melhor dos dois mundos: um bom copo de cerveja e uma aparência incrível na manhã seguinte.

Beber moderadamente é considerado como:

  • Para as mulheres, até um drink por dia.
  • Para homens com menos de 65 anos, até dois drinks por dia.
  • Para homens de 65 anos ou mais, até um drink por dia.

Um drink não é um copo cheio (500 ml) de sua escolha. Pelo contrário, depende do tipo de álcool que você está consumindo.

Um drink é classificado como:

  • 350 ml de cerveja
  • 150 ml de vinho
  • 50 ml de uma dose (shot) de licor

Você também pode aplicar uma máscara facial ou fumaça (nebulização) hidratante para ajudar a minimizar os efeitos do álcool.

Fonte: Healthline

F